Posts com Tag ‘defective by design’

04 de maio

No dia de hoje, em todo o mundo, está sendo celebrado o dia Internacional contra o DRM. A Defective By Design.org é uma organização do grupo Free Software Foundation e está divulgando esta ideia já há 3 anos.

Sempre no dia 04 de maio há esta “celebração” entre as pessoas que são contra o uso de DRM em arquivos eletrônicos.

Ações sugeridas pela Defective By Design.org

Em seu site, esta organização propõe algumas ações a serem realizadas por quem aderir a ideia:

  1. Share links to Day Against DRM on your social networks.
  2. Attend an event. If there isn’t one in your area, get one started!
  3. Tag defective products on Amazon. Amazon has ‘tag forums’ too, where the tags on products can be discussed.
  4. Write a blog post explaining the problems with DRM and why you won’t buy anything infected with it.
  5. Write a letter to your local public library and school system, asking them to drop DRM.
  6. Make a video talking about the dangers of DRM and put it on video sharing sites.
  7. Print out our Day Against DRM poster (coming next week) and display it at your local library, at your job or school.
  8. Do you use Netflix? Ask Netflix to drop DRM from its own shows, and to support DRM-free streaming.
  9. Buy products and support artists that are speaking out against DRM.
  10. Leave comments on reviews of DRM-infected devices warning people about them.

 

Uso do DRM

O DRM é usado em diversos arquivo eletrônicos, por meio de criptografia e chaves de acesso.

Os sistemas de DRM já são usados há tempos em CDs e DVDs. No entanto as manifestações contra esse sistema intensificaram após o uso em e-books e as dificuldades que tem proporcionado aos leitores.

 

E o que é DRM? 

É um sistema de gerenciamento digital de direitos, Digital Rights Management, também chamado pelos defensores de arquivos livres de Digital Restrictions Management.

Existem diferentes tipos de DRMs, alguns que primam justamente por aplicar restrições de uso nos arquivos por parte do usuário, outros que procuram efetuar o rastreamento do arquivo, ou seja, todas as ações do usuário com o arquivo são gravadas e “observadas”, bem como existe o DRM chamado “social”, que é uma espécie de Marca d’água, na qual constam informações e dados pessoais do usuário.

Cada tipo de DRM tem suas vantagens e desvantagens, mas todos são criticados, por apresentarem, geralmente, muitas desvantagens para o usuário final.

Dentre elas podemos citar: restrições de uso do arquivo e dispositivos de leituras diferentes; invasão de privacidade, visto que o que se faz com o arquivo é visualizado por terceiros; possibilidade de um arquivo cair em mãos erradas com seus dados pessoais visíveis em uma marca d’água.

 

Por que se usa DRM?

Há uma tentativa por parte dos produtores de conteúdos digitais em barrar a pirataria destes arquivos, e o DRM é uma das “soluções” encontradas. No entanto, o DRM pune antecipadamente os usuários honestos, que fazem a aquisição legalizada de arquivos, proibindo-os de serem realmente proprietários do arquivo adiquirido, bem como restringindo seu uso.

Além disso, o DRM é uma tecnologia ainda falha, pois é facilmente quebrado. Na internet é possível encontrar diversos softwares gratuitos que fazem a quebra desses sistemas.

 

Contra a pirataria! 

Há a necessidade de uma nova postura por parte da população que deve entender que a pirataria prejudica o que é mais importante para ela: a produção de conhecimento e cultura!

Somos contra o DRM, mas também somos contra a pirataria, contrafação e qualquer tipo de infração aos direitos autorais!